sábado, 12 de julho de 2008

Lucas Pereira continua desaparecido em São Carlos -SP


Lucas pereira


Atualização em 09.07.2008

Fonte: Jornal São Carlos

"O desaparecimento do menino Lucas Pereira, 03, está ganhando repercussão nacional através das diferentes mídias existentes no país.

O jornal Folha de São Paulo, através do seu caderno Folha Ribeirão trouxe na data de ontem uma extensa matéria sobre o fato, bem como mostrou uma foto recente do garoto. Também nesta terça-feira (08) o portal UOL (Universo Online) estampou em sua capa uma foto em destaque de Lucas, além de publicar uma matéria sobre o caso.

O canal de jornalismo, Record News também transmitiu em rede nacional informações sobre o caso.

O programa Bom Dia São Paulo, da rede Globo de televisão também irá mostrar uma reportagem sobre o desaparecimento de Lucas.

Segundo informações de familiares, o pai do menino, o engenheiro da Petrobras, Antonio Carlos Ratto, 57, estará na tarde de hoje no programa “A tarde é sua”, apresentado por Sonia Abrão, na Rede TV.

Segundo ainda os parentes, a equipe do programa Domingo Espetacular, transmitido pela Rede Record deverá estar na cidade em breve para realizar uma entrevista com a mãe de Lucas.

Opinião da Polícia – Segundo alguns investigadores da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) a exposição do caso em todo território nacional através da mídia traz benefícios, pois é realizado uma espécie de cerco, porém ao mesmo tempo há um grande aumento no número de trotes, ainda mais com a recompensa de R$ 30 mil oferecida pelo pai.

Os policiais disseram que estão recebendo várias ligações de outras cidades, inclusive de detentos que estão no interior de presídios. Eles passam informações falsas no intuito de tirar algum proveito, disse um dos investigadores."

As informações sobre o menino devem ser passadas para a DIG de São Carlos pelo telefone 0/xx/16/3374-1596 ou pelo Disque-Denúncia (181)."
o-o-o

JORNAL SÃO CARLOS AGORA
08.07.2008

A família e toda Polícia Civil de São Carlos ainda procuram informações que possam levar até o menino Lucas, de 3 anos e 6 meses, desaparecido desde a manhã do dia 21 de junho no Jardim Beatriz, zona sul de São Carlos.

O pai do garoto, o engenheiro Antonio Carlos Ratto, 57, disse que está disposto a pagar uma recompensa a quem der informações sobre o paradeiro do seu filho. “Nós não já fizemos de tudo para encontrar o Lucas. Já andamos por vários locais de São Carlos e região a procura de meu filho, mas até agora não conseguimos informações ou recebemos qualquer telefonema que possa nos confortar”, disse Ratto.

O engenheiro também deu uma declaração onde agradece a todos pela ajuda. “O que eu mais quero é encontrar o meu filho. Eu quero agradecer as pessoas que vem fazendo orações pelo meu menino. Eu fico ao lado do telefone esperando que ele toque e venha a notícia que ele está vivo. Quem fez isso não sabe o que minha família está sofrendo. A Petrobrás pra quem eu presto serviços há mais de 30 anos, vem me auxiliando me deixando nesta hora tão difícil em São Carlos. A empresa entende minha situação. Eu não consigo pensar no trabalho. Este menino é minha vida. Quem fez isto não sabe o mal que fez. Ele é uma criança, mal sabe falar. Eu oro todas as noites e peço para que o meu filho esteja bem. Eu tento, mas não consigo entender o porquê de tudo isto”, diz.

Angústia e desespero - Desde da manhã do dia 21(sábado), o desaparecimento do menino Lucas Pereira de 3 anos e seis meses, levou ao desespero a família do engenheiro da Petrobrás Antonio Carlos Ratto, 57, que foi afastado da empresa para tentar resolver o problema com o filho.

Lucas reside com os pais em um condomínio fechado no bairro Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro e teria vindo no mês de maio com a mãe, a desenhista de modas Marcelene Érika Pereira, 33 e, outros dois irmãos, à nossa cidade onde residem os familiares.

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) continua investigando o misterioso caso e realiza levantamentos, bem como procura alguma pista que possa levar ao encontro de Lucas, que pode ter sido levado por alguma pessoa.

Marcelene, diz que o filho estaria na casa de sua mãe Otacília Leonardo Pereira, localizada na rua Coronel Leopoldo Prado, 2200, no Jardim Beatriz e uma cunhada ajudava olhar a criança, quando Lucas desapareceu.

Antonio Carlos que deixou seu trabalho na bacia de Campos, nos poços de petróleo em alto mar na plataforma P-16 da Petrobrás, insiste na procura do filho: “Eu nunca vou deixar de procurar meu filho. Ele é minha vida”.

Recompensa - Ainda muito abalado, o engenheiro Antonio Carlos Ratto, 57, diz que devido à falta de informação, ele oferece uma recompensa de R$ 30 mil, para quem ligar à polícia e der informações seguras de onde seu filho possa ser localizado.

Quem tiver informações pode ligar para os telefones

As informações sobre o menino devem ser passadas para a DIG de São Carlos pelo telefone 0/xx/16/3374-1596 ou pelo Disque-Denúncia (181)."


Não deixe de ler as: mensagens de João Cruzué


cruzue@gmail.com

.

2 comentários:

Letya Luna Fiuza disse...

Bom Dia para todo o mundo...
Gente se vcs souberem de alguma coisa sobre o paradeiro da criança o
menino LUCAS, liguem para os telefones q estão mostrando na internete e nos joranis.Também tem a foto espalhadas pelo o Pai que está desesperado.Ajudem a essa familia.Não passe trotes com falsas informações.Vamos juntos encontrar essa criança e dar a felicidade essa familia que luta pelo aparecimento da criança LUCAS.
Obrigada...
L.Fiuza

ARIMOTOKIKA disse...

Enviei meu depoimento a mãe do Lucas, pois minha filha tambem foi vítima de desaparecimento.
Infelizmente só a encontramos seis dias depois e já sem vida.
Em Teresópolis foram 5 desaparecimentos de adolescentes, todas as quarta-feiras, da porta do Colégio Edmundo Bittencourt no centro da cidade de Teresópolis RJ.
Após seus desaparecimentos recebemos telefonemas de uma mulher que se intitulava como "VIDENTE",oferecendo ajuda e dizendo que nossa filha estava com pessoas de má índole, em local escuro, sujo,talvez dopada, que corria perigo e que estava bem proxima de nossa residência.
Tudo mentira!
O ultimo telefonema, dizia que seu corpo estava em uma mata atras de nosso condomínio - Comary.vasculhamos tudo e NADA encontramos.
No dia seguinte o corpo foi encontrado do outro lado da cidade.
Os corpos foram encontrados com vestígios de MAGIA NEGRA, mas a Polícia não deu importância ao fato.Só começando a investigar tais atos após pedirmos ajuda do Secretário de Segurança Pública do RJ, Cel Josias Quntal.
No 5º crime, um suspeito foi preso o cigano Paulo Bianch Yanovich, patrão da 5ª vítima.
Ela desapareceu no horário que deveria ter saído da casa onde trabalhava para ir ao Colégio(Consultório Espiritual de MAGIA CIGANA - Portal dos Deuses).
Sua prima,denunciou em depoimento a Polícia que a mesma trabalhava na casa a apenas uma semana, distribuindo panfletos de oferta de trablhos espirituais e que havia confidenciado-lhe que estava com muito medo do patrão e de seu pai (do mesmo nome) que a estavam assediando e que iria sair de la no final da semana, pois precisava receber seu pagamento e se algo lhe acontecesse que os denunciasse a Polícia.
No desaparecimento a prima os denunciou, mas era tarde, em poucas horas seu corpo foi achado ja sem vida.
O "suspeito", apesar de reconhecido por 2 das vítimas sobreviventes, responde aos Processos em liberdade e a 8 anos espera que seja marcado seu julgamento.
Vários familiares do "suspeito" já foram presos em 2005 no Paraná pela morte da menina Giovanna de 9anos,segundo a Polícia em RITUAL DE MAGIA NEGRA e 2007 mais 3 casos em Ouro Preto, com uma morte e duas sobreviventes resgatadas pela Polícia.
Com a prisão do casal que encomendou o "sacrifício " que denunciaram a "vidente" por pedir 3 jovens para o sacrifício que faria a mulher engravidar.
O tio do "suspeito", apresentou denúncia dizendo que membros da família cometiam crimes em outros Estados Brasileiros. Por isto o tio foi ameaçado e em seguida assassinado dentro da própria casa, denúncia esta feita por seus filhos a Polícia de Teresópolis e aos Jornais locais.
Não podemos nos calar,precisamos GRITAR para que as autoridades de nosso país se coloquem em ALERTA GERAL quanto a tais ofertas de supostos verdadeiros "milagres" oferecidos nos panfletos dos "Consultórios Espirituais" espalhados por vários Estados Brasileiros.É só dar uma volta pela cidade do RJ e verão em muros e postes a frase "Trago a pessoa mamada em 3 dias", faço e desfaço qualquer "trabalho", EU NÃO PROMETO, EU CUMPRO...
Em nosso país o culto a todas as ceitas é permitido, mas o uso de vidas humansa para tais práticas é CRIME!
Não se pode tirar a vida de inocentes como se fosse um animal usado em um despacho e foi assim que nossas meninas foram encontradas. Estupradas,estranguladas,e próximo a elas resíduos de despacho, como se fossem uma galinha ou um cabrito...Mas não eram, eram vidas humanas e para nós familiares fazem muita falta!
Até quando vamos ver nossos filhos serem sequestrados e mortos?
Gostaria de saber se fossem filhas de alguma Autoridade se tudo ainda estaria assim depois de 8 anos...
Para que serve o ECA? Com tantas Leis da Criança e Adolescente?
E o "CRIANÇA ESPERANÇA" por que não ajuda os familiares na busca por seus filhos desaparecidos?Dinheiro não falta, pois são muitas doações.
Quando isto tudo vai ter um fim?Para nós familiares dos desaparecidos encontrados mortos NUNCA MAIS...
Só o que nos resta é escrever em Blog´s e ORKUT´s da vida. chorar e lamentar as nossas perdas...